04 fevereiro 2009

Matemática feminina


Há uma velha máxima que corre por aí que mulheres não são boas em matemática. Injusta, muita injusta. E os fatos provam isso de forma indiscutível.
Passamos a vida lidando com números e, em muitos momentos, sem margem pra erro.
Exemplos? Ah existem muitos. Vamos lá...
Primeiro, aos 9 anos alguém nos conta que vamos menstruar mensalmente e nós, bobinhas, ficamos esperando ansiosas que isso aconteça. Aos 12 anos ouvimos do papai que teremos que esperar uns 3 anos para ter um namorado. Já começamos a contar a partir daí. E o tempo nem passa depressa, então os 3 anos parecem séculos.
Depois da primeira menstruação, que acontece de 28 em 28 dias em média, aprendemos como funciona o ciclo. As contas a partir desse momento só aumentam. O nosso dia fértil é o 14º a partir do início do ciclo. Essa última conta não permite enganos, senão 9 meses depois de uma relação que pode durar de 5 (fala sério!) a 30 minutos (Uh!), teremos um lindo bebê que vai nos dar dor de cabeça pra sempre (isso também é numérico, embora indeterminado). As desprevenidas (isso ainda existe?) tem que fazer mais contas do que as prevenidas.
Claro, quem toma pílula também faz conta. São 21 comprimidos ininterruptos, diariamente, no mesmo horário, com sete dias de pausa pra depois começar tudo de novo. Ah e não pode vomitar no período que compreende as 3 ou 4 horas seguintes à ingestão do comprimido. Mais números. E se a menstruação atrasa, aí é que passamos aperto contando os dias. E isso independe do fato de querermos ou não um filho.
Se você já está pensando em engravidar porque mexer com números dá trabalho, desista! Grávidas fazem muitas outras contas. Semanas de gestação, número de vezes que fez amor com o marido no mês (pra saber a quantas anda o interesse dele) e, na hora do parto, contrações (quantas são, de quantos em quantos minutos), quantos centímetros de dilatação, quantos dias de abstinência sexual etc.
Há um cálculo que nem todas fazem, mas ele é muito presente na vida de muitas. Quanto tempo esperar pra transar com o namorado novo, para apresentá-lo à família, para dizer que o ama, para esperar que ele melhore. Enfim, cálculos mais específicos presentes apenas no cotidiano de algumas.
Outra conta muito frequente é a das calorias. Umas mais, outras menos, mas todas fazem esse cálculo. Melhor fazer isso do que calcular quantos quilos a balança está mostrando a mais, quantos números aumentou a calça, quanto tempo de academia até recuperar a forma e, principalmente, quanto custa caro emagrecer hoje em dia.
As de idade mais avançada fazem conta também. Geralmente, calculam quanto tempo falta pra terminar o período refratário (espaço de tempo entre uma ereção e outra) do marido. Isso pode significar semanas ou até meses. KK!
De todos, o que é mais difícil é lembrar que tanto de mulheres a mais que homens existe no mundo. Porque daí a possibilidade de cálculos é infinita. Concorrência gera necessidade de estratégia e estratégia é matemática pura.
Alguém ainda ousa dizer que mulheres não entendem de números? Nosso cotidiano poderia nos dar o título de especialistas no assunto...

7 comentários:

Guilherme Santos disse...

bom nunca ouvi falar que mulher eh ruim em matematica
mas msmo assim o texto ficou mto bom
parabens

Léo disse...

Não vou comentar o blog somente por um post,o post é dignissimo do blog, mas seu blog é envolvente e se sai bem no que vc propos a fazer e discutir, Tatudo otimo nega (como dizem na bahia rsrs)

PS: Ta rolando um debate quentissimo lá no meu blog e gostaria muito de ter sua opnião, vai ser uma honra pra mim, aparece lá

http://leozukinho18.blogspot.com/

beijo abraços e sucesso

Janete Helena disse...

Pra quem nunca leu sobre o menor desempenho das mulheres em relação aos homens, é só entrar no site Ciência Hoje on line. http://cienciahoje.uol.com.br/61131

E esse é só um dos lugares em que se é possível ler sobre isso!pluestio

Ígor disse...

Show de bola seu Blog Janete ! apesar de discordar de voce, nas ultimas frases desse texto hahaha ! mas qualquer hora volto pra nos discutirmos sobre essa vã filosofia ( sempre quis falar isso, desculpe o clichê )que cerca o universo feminino e também masculino ! bjos pra ti ! Aloha Fê !

Ronaldinho disse...

Sim, é verdade, as mulheres fazem as melhores contas mesmo.

Algumas erradamente quando estouram os cartões de crédito, mas todas sabem lidar com contas e isso é muito bom, todos precisamos estar aptos a fazer contas

Bjssssss
Ro

Ronaldinho disse...

oiii

tudo bem?

precisa escrever mais hein???

passo para desejar um belo final de semana

bjsss

The Crister disse...

Acheiiiiii rá! q vergonha... um nerd nao achando um link...

Amore... ja te falei... vc eh dez em redação seja ela qual for... adorei o texto bem divertido e nao exagerado.

As mulheres tem um potencial enorme porem nem todas usam o potencial intelectual delas, usam aa bunda como escada na vida... mas blz... todos gustam de bunda mesmo aheuaehueahuae